ALTERNATIVAS INTERESSANTES

sexta-feira, 25 de junho de 2010

INSTANTE DA ALMA


Sinto desprender-se de mim uma energia densa, que escorre corpo abaixo e como um lodo espesso forma um lamaçal sob os meus pés. E eu fico ali, meio colada àquela gosma que agora não mais faz parte de mim, embora ainda esteja fisicamente presa. Mas estou leve, limpa, estranhamente calma, como se o mundo tivesse parado neste instante e nada mais importasse.



Estranhamente calma... pois tenho consciência da agitação que foi minha vida durante os últimos dias, dos terremotos internos e externos por que passei nas últimas semanas e cujas consequencias estão a caminho, como os fortes ventos do outono a derrubarem todas as folhas das árvores, mas sinto-me estranhamente calma, igual às folhas que repousam tranquilas, caídas ao chão.


É como se estivesse envolvida, abraçada pela minha alma, no embalo de um colo terno, aconchegante, onde meu próprio eu me consola. Onde a certeza de que tudo vai dar certo brilha como as letras douradas dos finais felizes nas mais ricas e belas edições de livros de contos de fadas.


Os paradoxos do ser... o corpo e a alma, o Ego e o Eu num convívio calmo, perfeito, que a mente não compreende, mas sente, sem querer aceitar, sem poder negar .


E a magia do instante vai se desfazendo, os ruídos voltando, o corpo se movendo, mas não há mais aprisionamentos, nem fardos pesados a serem carregados.


Resta apenas a sensação do abraço iluminado, do aconchego, do calor, do embalo... da alegria de estar na excursão das almas que viajam juntas na nave do Grande Pai.

Evelize Salgado

8 comentários:

Hod disse...

Então é o sorriso da alma em equilibrio e satifação em ser.. Sem essas coisas de montanhas russas...

Bom fim de semana Evelize.

Beijo de luz amiga, com muitas bençãos.

Alôha

Chica disse...

Que maravilhoisa sensação essa,coisa boa!beijos,tudo de bom,chica

Canduxa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Canduxa disse...

Querida Evelize,

Tudo se passa num momento onde se podem experimentar todas as sensações e lutas internas sem compreendermos como isso é possível. Mas a nossa busca pelo equilíbrio e a força que sabemos existir dentro de nós, aquieta-nos a mente e sentimos a alma abraçada com muito amor e luz.
E assim é...feliz dos que têm consciência que nada é constante na vida e que podemos transmutar aquilo que mais sofrimento nos causa.

Sempre em sintonia minha querida...aí tão longe mas sempre tão perto de mim.

O Outono do teu blog está lindo.

Meu abraço com muito carinho

canduxa

Eliane disse...

Evelize querida!
Que bom que temos condições de nos refazer buscando em nosso interior a luz de que precisamos.
Uma ótima semana pra você!
Beijinhos e muita luz!

alegria de viver disse...

Querida amiga
Lindo, agora posso entender, quando o povo fala que é sábio "de alma lavada".
Com muito carinho amiga iluminada BJS.

Silvia Freedom disse...

Querida também sinto esse processo....como se fosse o "momento antes do Tsunami"...Parece que a dualidade...está de "desgrudando"...Graças.... Sabemos internamente que é o AMOR que vem nos re-estruturar em uma Nova Terra de Sol, Luz, Harmonia, Alegria....Paz!

Confiar e Seguir....Avante, Viajantes! É Tempo! Já estamos ...Lá! É lembrarrr....lembrarrr e naaa-daaarrrrrr.....

Vamu q Vamú!

EVELIZE SALGADO disse...

Hod, satisfação em ser... plenamente amor!
Alôha!

Chica, uma satisfação de total unidade. Muito bom mesmo.

Canduxa, esse transmutar nos sustenta a alma, a luz... só amor!

Eliane! Luz que sombra nenhuma pode apagar!!!!

É isso, Rufina, limpa até a mente, ela que às vezes teima com seus pré conceitos...

Silvinha, chegando!!!!!!!!