ALTERNATIVAS INTERESSANTES

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

EU AINDA OS AMO

Ontem, passeando um pouco pelos blogues dos amigos e lendo as cartas de amor escritas por aqueles que estão participando da blogagem coletiva do blog do Murilo, http://www.voudecoletivo.blogspot.com/, acabei me inspirando e ecrevendo uma carta, também. Não sabia se iria postá-la, não é este o objetivo do meu blog, e também, ando numa correria danada, sem tempo para muitas visitas.


Mas... achei que era merecida esta postagem, e aqui está a minha carta de amor.
O tempo passou e nem sei se tive tempo de dizer “TE AMO” pra ti, pai, e pra ti, mãe. E vocês partiram, deixando aqui um amor que está presente em cada um de nossos gestos, de nossas palavras, de nossos sorrisos e, principalmente, em cada lembrança viva que trazemos de seus gestos, de suas palavras e de seus sorrisos.

O tempo passou. Mas o que é o tempo? Uma fração de segundo? Um ano? Dez? Trinta? Não importa, eu ainda os amo. E como amo!

Então, tenho tempo para falar deste amor.

Falar primeiro para ti, pai, que amei durante dezoito anos e que até pouco tempo atrás não entendia por que precisaste ir tão cedo. Quero pedir-te desculpas pela raiva que senti por tua partida precoce, pela raiva que senti dos médicos que te deixaram partir. Pedir-te desculpas por não ter entendido teu tempo.

Preciso dizer que estás liberto desta minha mágoa, da minha tristeza que certamente tanto te entristeceu. Preciso dizer que não só te amei, mas que ainda te amo e que, passados 32 anos, hoje estamos mais vivos e unidos do que quando eu era uma menina saindo da adolescência.

Quero falar de amor também para ti mãe, que tudo o que fizeste na vida foi amar os teus filhos e netos, mas que, eu acho, nem sempre te sentiste amada. Viúva e sozinha durante tanto tempo – 24 anos, uma vida - será que recebeste de nós todo o amor de que precisavas ou gostarias?

Pois é, Dona Yedda, nem sempre as coisas são como esperamos, mas podes ter certeza de que o que mais fizemos na vida foi nos amar. Um amor parceiro, um amor de cuidados, um amor quebra pau, um amor SOS, um amor porto seguro, um amor financeiro (ehehe), um amor gastronômico, enfim, um amor verdadeiro, daqueles que, igual, nunca mais.

Nem aquele amor-perfeito, que eu tanto amo, é tão perfeito quanto o nosso.

Será realmente que o tempo passou? Acho que não.

Eu ainda os amo!

Um grande beijo de luz e de paz.

Com todo meu amor,

Eve

FOTO DA MINHA FORMATURA DE GINÁSIO
- PORTO ALEGRE, 1974 -

20 comentários:

Ana Lúcia Porto disse...

Fico feliz por estar nessa, também...
Esse amor é a base de outros mais e perduram para sempre em nós. Parabéns!!
Beijos,
Ana Lúcia.

Vou de coletivo! disse...

Belíssimo...

Essencialma disse...

Sem palavras...Que lindo exercicio, esse de expressar o amor!

Beijinhos

.Lis disse...

Que bom decidir mandar essa carta de amor tao terna,carregada de sentimentos bonitos.
Essa blogagem coletiva alem de proporcionar a leitura de bons textos, proporciona conhecer blogs interessantes.E, no momento que li a respeito,pensei tambem,por que nao? extravasar sentmentos guardados e nem tão fáceis de compartilhar? Adorei sua carta, Eve, e o amor que expressou me pareceu tao perfeitinho como os amores perfeitos rsrs
Abraços.Volto devagar pra passear pelo seu blog, que já presumo com muito amor.

marcelo dalla disse...

Que lindo querida, fiquei emocionado. Esse me toca muito... com certeza, seus pais receberam a mensagem. Grande bjo, estava com saudade de vir visitá-la!

Lu disse...

Oi Evelize, obrigada pela visita. Achei linda a tua carta, muito sincera e emocionada.
Lindo!
Beijos

Maria Izabel Viégas disse...

Evelize, querida! Ah... que amor tão grande vc nos mostrou. E como é bom" sentir" aqui contigo, suas palavras tão linads, do fundo do coração, revivem nossas emoções.
Querida, pode passar o tempo que for, nunca deixamos de amar nossos pais. Principalmente quando nos tornamos mães, parece que detona um flashs em nós; aumenta a compreensão , aumenta a saudade, mas é uma saudade -amor, que não esvazia ...que nos completa.
E como , a cada dia notamos em nós a presença forte dels, por nosss atitudes, nosso pensamentos, nosso modo de ser.
Amei querida, emocionei-me ao te ler.
Linda és. E que menina fofa essa Evelize aí da foto!Muito bonitinha...
beijos amada!

Hod disse...

Aloha Evelize , abençoada!!!

É, o céu replandesce hoje não só pela luz refletida da Lua Cheia. Mas pela Luz dessa linda carta de amor!!

O Amor nossa principal essência jamais será desgastado pelo tempo, porque ele é atemporal!!!

Tb sinto-me bastante contente com sua visita aos meus céus, obrigado e um doce beijo em sua alma querida amiga!!!

Aloha!!
Hod.

Nanda Botelho disse...

Obrigada pela visita!
Que bom vc ter sentido o meu envio amoroso!
Gosto de seu blog, já tinha vindo aqui através de Hod o grande Aloha!
Bonita sua carta, sempre bom irradiar amor!
Bjão!

António Rosa, José disse...

Evelize

Amei o seu post. Belíssimo.

Beijo

Kyria disse...

Evelize, lindo depoimento! Fiquei emocionada.
Cada um tem seu tempo e como é difícil entender e aceitar. Prá mim foi muito importante, nesta duas declaração de amor irrestrito, você ter percebido a necessidade e ter conseguido libertar o seu pai rumo ao infinito. Os anjos sorriram e os sinos tocaram, muito bacana para todos. Bjs

angela disse...

Esse é um amor atemporal e você o expressou lindamente.
Abraços

Priscila Zanutti disse...

Querida Evelize! Como entendo esse sentimento, já não conto com a presença física do meu pai e da minha mãe e próximo às datas fico mais sentimental, quando li, chorei na hora e sabes como gosto de escrever, né? Vou escrever uma cartinha também, acho que será uma maneira de libertar essa angústia e passar o fim de semana mais leve. Beijos luminosos para vc e para eles(lá onde estão)

Cerejinhäa disse...

Muito lindo e comovente seu texto. As vezes com o corre corre da vida nos esquecemos de dizer EU TE AMO, para aqueles que mais amamos! Beijos carinhosos pra ti *.*

Maria Izabel Viégas disse...

Amiga querida, tem um selinho no meu Viajantes na Linha do tempo prá vc. Vai lá!
beijinhos!

Hod disse...

Aloha querida Evelize!!
Obrigado pelo carinho e pela visita!!
Teu Domingo será como o meu!! Com muita Luz e Paz. Bençãos e muito Amor, convergindo da Consciência Existêncial para a totalidade dos seres que habitam este planeta!!

Namastê querida e doce amiga!!!
Aloha!!
Hod.

cristinasiqueira disse...

Oi Eve,

Cartas de amor são eternas,saídas de onde a vida permanece quente,acolhedora ,terna.
Escrevestes na luz de uma história que te fez assim este ser generoso,pacífico e evoluido.
O post das crianças índigo e a sua proposta de reiki para crianças e jovens é vanguarda espiritual.Abrindo caminhos de luz.
E bendito STOP necessário,nem as músicas existem sem pausa,né?


Com carinho,

Cris

Seminha disse...

O amor é realmente o sentimento mais curativo que existe. Tua carta é emocionante e podes ter certeza que tocastes meu coração de verdade.
Um beijo enorme pra ti!

Sema

Tatiana disse...

No momento certo conseguimos nos fortalecer e libertar das amarras que nos prendiam aos sentimentos fortes que nos unem aos que amamos e precisaram partir.

Os laços continuam lindos como você tão bem descreve nessa carta maravilhosa...

Mas deu para perceber que seu coração bate mais tranquilo...

Um beijo carinhoso e uma bela semana para você!

Carolina Arêas disse...

Engraçado... meu comentário não apareceu....

Eu escrevi que você me fez chorar com este post. Tanta sensibilidade. Que coisa bonita é sua alma, Evelize.

Mas também não me furtei a comentar sobre sua idade e o quão linda você é por fora também!