ALTERNATIVAS INTERESSANTES

quinta-feira, 5 de março de 2009

TEMPO PARA MEDITAR




Ao assistir parte do capítulo de segunda-feira, 02/03, da novela Caminho das Índias, achei engraçada a fala do Lima Duarte sobre a meditação dos ocidentais, quando ele dizia que as pessoas acordam e meditam cronometradamente por meia hora e depois vão para o trabalho, em ricos escritórios, tratar de seus negócios, sem entenderem que a meditação faz parte da vida, de um estilo de vida.

Achei que ele estava exagerando ao falar daquela maneira, mas acabei concordando que um grande número de pessoas faz isso mesmo, apenas uma pausa para a meditação. Pelo menos por aqui é assim. Concentra, medita, depois levanta, como se fechasse o manual e seguisse o rumo da vida alheio àquele momento.

Para a minha surpresa, na mesma noite, ao fazer minha leitura antes de deitar (estou lendo “A sabedoria do guru”, de Rajiv Mehrotra), um dos capítulos era “A verdade além do pensamento”, onde Satya Narain Goenka – o principal mestre leigo de meditação Vipassana – dizia o seguinte:




“A palavra meditação dá a impressão de uma concentração mental em um objeto como se submergindo nele. Mas não é, porque existe uma consciência da totalidade do corpo – interação corpo e mente. A pessoa continua a absorver o que está acontecendo.”






Procurando mais informações sobre essa técnica, encontrei este texto.



“Vipassana significa ver as coisas como realmente são, é uma das mais antigas técnicas de meditação da Índia. Foi redescoberta por Buda há mais de 2500 anos e ensinada por ele como um remédio universal para males universais, ou seja, uma Arte de Viver.
............
As leis científicas que regulam os pensamentos, sentimentos, julgamentos e sensações se tornam claras. Pela experiência direta, compreende-se a natureza de como se progride ou regride, como se produz ou se liberta do sofrimento. A vida começa a se caracterizar por consciência, libertação de ilusões, autocontrole e paz, cada vez maiores.”
(
http://www.dhamma.org/pt/vipassana.shtml)

Parece que há muita gente “passando a perna” em si mesmo, por isso, quem é adepto às meditações precisa “estender o tempo de meditar” para as 24 horas do seu dia, ou seja, treinar a mente para o autocontrole, a elevação da consciência e a libertação de ilusões durante toda a vida.






Evelize Salgado

8 comentários:

Priscila Zanutti disse...

Ir à praia é uma raridade pra mim, ando meio escondida em casa, mas quando for mergulharei por ti. Adorei o comentário, passa lá no meu blog pra ler minhas maluquices, se quiser me acompanhar... Adorei o seu blog, vou passar sempre aqui. Bjs pri
Tenho outro blog www.atelerzanutti.blogspot.com, mas estou só no começo.

Amanda Condello disse...

Assisti a novela esse dia também e apesar de não meditar, concordei de primeira com o que ele disse, mas se tapear um pouquinho deixa a pessoa melhor... não deixa de atingir o psicológico né?! ahahha

amandacondello.blogspot.com

EVELIZE SALGADO disse...

Bem, isso é verdade, mas fica só na superfície e só naquele tempinho. Porém se a proposta for essa, já vale.

Priscila Zanutti disse...

Fiz uma postagem pra vc no meu blog, te achei muito simpática e pessoas simpáticas são raras e preciosas. Bjs! Passa lá!

Fabianne disse...

Ai, ai. Isso parece tããão difícil. Ter auto controle, quando se é auto mimada é difíííícil. E a minha mente divaga, anda por aí, faz coisas q eu não quero e eu só olhando rsrrsrsr. Como é que se faz isso???
bjus descontrolados

EVELIZE SALGADO disse...

Oi, Fabianne, é difícil, sim, mas nada que não se possa dar um jeito. Para ter autocontrole é preciso disciplina. Daí, minha amiga, precisas querer te disciplinar e terás meio caminho percorrido. Depois a gente continua com o resto...
Bjinhosssssssssssss

Amanda Condello disse...

comentando seu comentário hahaha, quero muito daqui uns 30 anos continuar com eles como amigos... vai seu bacana mesmo você reencontrá-los!
tire fotos e coloque no blog...
abraço

Regiane disse...

Olá!!
Adoro estas possibilidades de terapias alternativas.São bem menos agressiva.
Já meditação,pratico há muitos anos,pois sou budista.
Bjs
Regiane